Casamento de Dia – Fernanda e Marcelo – Escrito nas Estrelas

O casamento de dia da Fernanda e do Marcelo foi muito especial. A história deles parece mesmo que estava escrita nas estrelas… Era uma noite no ano de 2013, e foi em uma manifestação na Avenida Rio Branco, aqui no Rio de Janeiro, que eles se conheceram quase que ao acaso.

A Fernanda já tinha uma filha, a Anita. Com o tempo e com o seu amor, o Marcelo conquistou a Fernanda, e aos poucos o coração da Anita também, da mesma forma que foi conquistado por elas. Nada mais lindo que se casar com a família já formada! Certeza dos sentimentos, experiência no caminhar de uma união iluminada, de pessoas de bem, de espírito livre.

Os três vivem uma história de amor, respeito, amizade e compartilham da felicidade mais pura que é a de ter uma família feliz, nas pequenas coisas, nos detalhes mais simples, no amor.

Mais que marido, o Marcelo vem aprendendo a ser pai. Como ele bem disse em seus votos, tem feito o dever de casa certinho… aprendeu muito com o amor das duas e se casou com a professora!

Foi um casamento dos sonhos, que tive a honra e a felicidade de documentar. Sim, foi o casamento de pessoas que respeitam o amor, o amor puro, sem amarras, sem fronteiras. Aquele amor que vale a pena, porque como diria o poeta, a alma… com certeza não é pequena!

A cerimônia foi lindíssima, ao ar livre, no Sítio Meio do Mato, celebrada pelos amigos e familiares que compartilharam os momentos dessa união. Cada um contando um pouquinho de como o seu amor se misturava na história do amor deles três.

A festa, sob o luar de uma lua cheia, foi suuuper animada! Não foi uma recepção só pra eles, mas para celebrar o amor de todos, da forma mais linda, livre, como o amor deve ser.

A Feca foi bailarina do Cirque du Soleil, e seus amigos deram um tom todo especial. Muita purpurina, fumaças e um grande “beijaço”.

De todos esses presentes que receberam, certamente o mais valioso foi encontrarem um ao outro!

A fotografia de casamento tem me trazido valiosos momentos, um deles foi documentar esse dia que marca o surgimento oficial da família Feca, Anita e Marcelo. Muito obrigada queridos!

Deixo aqui um pedacinho de um livro que amo, do Francisco Azevedo, e que acho que tem muito a ver com a história de amor de vocês.

“Fecho os olhos e de olhos fechados tudo vai abaixo: paredes, fronteiras, universos. De olhos fechados tudo é possível. O escuro é página em branco, nele se cria o que se quer. O escuro é colorido, é cósmico e abissal. Viagem.”

Desejamos a vocês toda a felicidade do mundo e muito mais!

 

 

 

Ficha Técnica

Fotografia: Clara Sampaio Fotografia
Fotógrafos Convidados: Sergio Sousa, Bruno Montt e Bel Sampaio
Cerimonial: Rosí Medeiros
Make up: Bebel Menndez
Local da Cerimônia e festa:  Meio do Mato Eventos
Decoração: Equipe Meio do Mato Eventos
Iluminação e sonorização: BPM Audio
DJ: Nado Leal
Música ao Vivo na cerimônia: Julia Decacce
Buffet: Eliane Leal + estação Delírio Tropical
Doces e Chocolates:  Carolina Sales, Neide Carrara e Sweet in Box
Bem Casado: Denise Cristina
Bolo:  Casal Garcia
Buquê: Alex Soares
Lapela: Alex Soares

Veja mais casamentos aqui!

Fotografia de Nascimentos – Bem vinda ao mundo, Bella!

Difícil falar de fotografia de parto sem falar do crescimento que sinto aqui dentro a cada experiência vivenciada em cada nascimento. A fotografia de nascimentos é mesmo um presente e só tenho a agradecer a oportunidade de fotografar esse momento tão bonito e marcante da maternidade.

A chegada da Bella foi mesmo muito especial… eu tinha acabado de fotografar o casamento da Feca e do Marcelo, estava voltando do Sítio do Meio do Mato, quando meu celular apitou.

Era o Eduardo, marido da Bruna, avisando que eles estavam indo pra Maternidade da Casa de Saúde São José, que a Bellinha estava chegando! Fui direto pro hospital, depois de fotografar um casamento que durou 14 horas!

E posso dizer que lá pelas 4 ou 5 da manhã já não estava mais conseguindo me comunicar por palavras. As frases saíam emboladas, às vezes até meio sem sentido. Não sei se já aconteceu com vocês, mas mesmo com o esgotamento físico e mental, é impressionante como o canal da comunicação imagética continua ativo, na verdade acho que até mais ativo que o normal!

A Bruna entrou em trabalho de parto por volta da meia noite de sábado, mas a Bellinha só nasceu mesmo no domingo de manhã, dia das mães!

O nascimento da Bella foi programado para ser um parto humanizado, parto natural, mas acabou sendo cesárea, pois mesmo após horas de tentativa não havia dilatação suficiente para que ela pudesse nascer.

A cesárea também pode ser humanizada, se são respeitadas as vontades da mãe. Assim, ao som de Trem Bala, música linda da Ana Vilela, e que tem um trecho que diz: “é saber se sentir infinito, num universo tão vasto e bonito, é saber sonhar…” a Bella veio ao mundo, para encher de alegria e amor infinito os corações da Bruna e do Dudu.

É muito gratificante fotografar esses momentos, as fotos de família são como fontes inesgotáveis de amor na vida da gente. A fotografia documental nos leva de volta às nossas origens, às nossas raízes, ao que nos torna únicos no mundo.

É maravilhoso poder contar a história do dia que a Bella nasceu!

Parabéns Bruna e Dudu, a pequena é linda demais!!!

Aproveito a oportunidade para falar no Workshop de Fotografia de Nascimentos que vai acontecer no sábado agora, dia 10 de junho, aqui no Rio de Janeiro. Muito gratificante poder compartilhar e trocar conhecimento a respeito dessa fotografia tão peculiar e importante. No Rio de Janeiro a turma está lotada, vagas esgotadas, mas ainda temos vagas na turma de São Paulo!!! Para maiores informações basta preencher o formulário no final desse post. Até lá!